Editorial - 10


Lúcia Grossi dos Santos

Caros leitores,

É com alegria que apresento aos leitores o número 10 de Derivas Analíticas. Na rubrica Mathesis, encontramos o texto de Frederico Feu, no qual ele discute o tema do ódio, mais especificamente a misoginia, no filme Frenesi, de Alfred Hitchcock. Lembremos que o ódio é um dos temas trabalhados pelo IX Enapol: ódio, cólera e indignação.

O segundo texto é de Laura Rubião e se dedica a refletir sobre o sonho, tema do XII Congresso Mundial de Psicanálise. Laura trabalha o sonho do paciente de Ella Sharpe comentado por Lacan no Seminário 6. Apoiada em Miller, Laura nos conduz pelo caminho que vai da interpretação do desejo no sonho ao desvelamento do objeto na fantasia.

Em “Aquele texto”, o leitor encontrará um texto clássico de Guiraud, de 1921, sobre as formas verbais da interpretação delirante, seguido de breve apresentação do autor por Sérgio Laia.

Na rubrica Você disse contemporâneo, voltamos ao tema do sonho através do belo texto de Yolanda Vilela: “O sonho literário de Michel Butor”. Nesse texto, ela explora as diferenças e semelhanças entre as propostas de Freud e Butor sobre o sonho.

Mônica Lima nos apresenta Fanon, um autor muito pouco conhecido entre nós, brasileiros, que traz a questão do Outro que o negro encarna para a consideração dos psicanalistas.

Na rubrica Entrevistas, resenhas etc. e tal, temos a entrevista com o artista Avilmar Maia, que é também psiquiatra e psicanalista. Ele nos fala de seu percurso e sua forma de trabalhar. Imperdível. Agradecemos a Avilmar por ceder as imagens para Derivas Analíticas n. 10.

Temos também o texto de Nohemi Brown, nossa colega do Paraná, sobre Olafur Eliasson, artista contemporâneo que tem obras importantes em Inhotim.

O toque de poesia deste número é de Levi Carneiro, poeta e publicitário.

Agradeço a todos os autores que participaram deste número da Derivas – Frederico Feu, Laura Rubião, Mônica Lima, Nohemi Brown, Sérgio Laia, Soraia Mouls e Yolanda Vilela – e aos artistas Avilmar Maia e Levi Carneiro.

Agradeço à equipe que me acompanhou do número 7 ao 10 de Derivas: Anamáris Pinto, Carla Carvalho, Cristina Marcos e Lisley Braun.

Boa leitura!